Reciclemos!

2005/08/19

"Mates" & Doutores

A palavra "mate" - que em português será algo como "pá" - viu a sua utilização proibida no parlamento australiano devido a uma circular interna, que aconselhava os seguranças a dirigirem-se com maior respeito ao público e aos deputados.
Porém, a ordem foi rapidamente contestada pelos deputados por ser "un-Australian", ou seja, por representar uma espécie de atentado contra a identidade do país, já que o termo "mate" é usado de forma tão normal - e até orgulhosa - pelos australianos que o primeiro-ministro John Howard chegou a chamar "mate" a George W. Bush, um chefe de Estado estrangeiro.

Por cá o costume é inverso. Toda a gente é "doutor", "engenheiro", "professor", "professor doutor", "arquitecto", "senhor deputado"...
Devemos então pensar que, se estas formas de tratamento fossem proibidas no parlamento, rapidamente os deputados considerariam tal medida como "un-Portuguese"?

3 Comments:

  • Muito provavelmente, sabes que nós por cá achamos que aqueles 5 anos (pronto, 10 anos) que passamos na faculdade devem marcar toda e tua vida, e convem que as pessoas saibam exactamente o que tu és que te tratem como tal (nem que sejas um Eng. Mecanico a tomar conta de um departamento ... financeiro, por exemplo :) ) ... haja pachorra, assim que me tratam por tu eu costumo saltar para o Tu também e ainda é raro usar o sr.eng. e não sei q ... só quando não vale mt a pena contrariar, mas só me lembro de duas pessoas :D

    By Anonymous David Ramalho, at 20 agosto, 2005 08:48  

  • Há dias em forma de verso abordei algo semelhante. É que acho dum ridículo incrível um qualquer recém licenciado mesmo nessas áreas em que ninguém reconhece qualquer utilidade, ministradas pelas Universidade privadas essa espécie de aviários alguns dos quais nem português sabem redigir, fazerem questão de se intitularem doutores para assim passarem a ser tratados. Conheço carradas de gente com essa mania. Quando afinal alguns ou talvez a maioria nem sequer o mestrado consegue fazer, quanto mais
    o doutoramento.

    By Blogger rajodoas, at 20 agosto, 2005 18:45  

  • Gostei da ironia com que trataste o tema da deferência!

    By Blogger mfc, at 22 agosto, 2005 23:02  

Enviar um comentário

<< Home